Na terça-feira (31), o ANDES-SN esteve na sede do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em São Paulo, para iniciar o processo de refiliação do Sindicato Nacional à instituição. Desde 2019, o ANDES-SN havia suspendido o pagamento de mensalidades ao Dieese e desativado uma subseção que funcionava na sede do sindicato.

Amauri Fragoso e Jennifer Santos, da diretoria do ANDES-SN, se reuniram com José Silvestre, diretor adjunto do Dieese.

A medida é uma deliberação do 40º Congresso do ANDES-SN, realizado neste ano em Porto Alegre (RS), que aprovou a reintegração ao Dieese, a partir do estabelecimento de critérios explícitos para o pagamento das contribuições financeiras.

Amauri Fragoso, 1º tesoureiro do ANDES-SN, e Jennifer Santos, 3ª tesoureira do Sindicato Nacional se reuniram com José Silvestre, diretor adjunto do Dieese. Para o representante da instituição de pesquisa, a refiliação do ANDES-SN vai contribuir não apenas financeiramente, mas também politicamente para a manutenção do Dieese.

“Como o Dieese é uma instituição intersindical/plural, a presença do ANDES-SN vem fortalecer essa pluralidade. Ademais, diante do momento político que vivemos de ataque e destruição dos direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores do setor privado e público, é de fundamental importância termos de volta ao nosso quadro associativo uma entidade como o ANDES-SN”, contou.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos subsidiará o Sindicato Nacional e suas seções sindicais na construção de um plano de trabalho relacionado à evolução salarial da categoria e às perdas salarias das e dos docentes, no acompanhamento das leis de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Orçamentárias Anuais (LOA) e, ainda, do orçamento das universidades federais, estaduais e municipais. Os trabalhos se iniciam assim que o processo da filiação e o valor da mensalidade forem definidos.

“O Dieese é uma instituição conceituada e para nós é importante estarmos vinculados à entidade para garantir que esses dados possam subsidiar as nossas análises da conjuntura econômica no Brasil. Não apenas para termos conhecimento sobre o aspecto da recomposição salarial e das nossas perdas históricas ao longo dos anos, mas também para acompanharmos o funcionamento das universidades, a partir dos dados financeiros que se relacionam com a sustentação da Ciência no país, por meio da produção nas universidades, institutos, cefets e colégios de aplicação e que também se relacionam com o enfrentamento a todos os ataques nos orçamentos dessas instituições”, afirmou a diretora Jennifer Santos.

Dieese
O Dieese é uma entidade criada e mantida pelo movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955, com o objetivo de desenvolver pesquisas que subsidiem as demandas da classe trabalhadora. Sindicatos, federações, confederações e centrais sindicais são filiados ao Dieese e fazem parte da direção da entidade. São 17 escritórios regionais, cerca de 50 subseções (unidades dentro de entidades sindicais) e, atualmente, dois observatórios do trabalho – divisões que funcionam dentro de prefeituras, governos estaduais, para subsidiar o poder público com pesquisas e análises.

Comentários

comentários