A coordenação do Fórum das Entidades Sindicais se reuniu na quinta-feira passada (12), e vai propor ao conjunto de sindicatos de servidores públicos ligados ao Poder Executivo um plano de lutas para pressionar o governo do Estado a pagar a reposição da inflação nos salários.

A intenção é realizar uma série de plenárias em todas as regiões do Paraná para ouvir as categorias neste mês de maio, preparando também uma paralização unificada das trabalhadoras e trabalhadores caso o governo insista em não cumprir a lei e negar o reajuste.

Segundo os cálculos da assessoria econômica do FES, a defasagem salarial ultrapassou 36% em maio.

Comentários

comentários